P’UPA faz a diferença

P’UPA FAZ A DIFERENÇA

Na sequência das necessidades identificadas face a conhecimentos sobre questões de saúde mental, no âmbito do UPA Faz a Diferença, surgiu o “P’UPA: Professores UPA Fazem a Diferença”, dirigido a professores do ensino básico e secundário, de escolas da zona norte litoral de Portugal.

Este projecto teve como objectivo geral contribuir para o aumento do conhecimento sobre problemas de saúde mental (mental health literacy) junto de professores do ensino básico e secundário, no sentido de sensibilizar para a necessidade de intervenção precoce na perturbação mental; diminuir atitudes estigmatizantes e discriminatórias; e sensibilizar para a necessidade de promoção de saúde mental.

Com o apoio financeiro da Lilly Portugal e o apoio científico do Centro de Estudos de Desenvolvimento da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa (Cento Regional do Porto), entre Setembro de 2011 e Maio de 2012, o projecto foi implementado em 9 escolas do distrito do Porto, junto de 125 professores.

A implementação do projecto seguiu a matriz metodológica do UPA Faz a Diferença, tendo assumido uma metodologia do tipo pré-pós-intervenção.

Como principais resultados da implementação do projecto destaca-se:

(1) o aumento da percepção de conhecimentos face a problemas de saúde mental,

(2) o aumento das percepções positivas (menos estigmatizantes) face a problemas de saúde mental, bem como

(3) a elevada receptividade dos professores ao projecto.

Com o apoio financeiro do Instituto Nacional para a Reabilitação (co-financiado pelo programa de financiamento a projectos do Instituto Nacional para a Reabilitação) e o apoio científico do Centro de Estudos de Desenvolvimento da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa (Cento Regional do Porto), entre Setembro e Dezembro de 2013, o projecto foi implementado em 2 escolas do distrito do Porto, junto de 29 professores.