Vozes de Esperança

VOZES DE ESPERANÇA

No contexto do longo trabalho de colaboração com a ABRE – Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Esquizofrenia, a presença de Cecília Villares no Porto para participação no Programa das Comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental 2015, permitiu que o projeto “Comunidade de Fala – Contando nossas Histórias” desse os primeiros passos em Portugal.

O projeto, que em Portugal recebeu a designação Vozes de Esperança (VE), começou com um grupo de 10 pessoas com experiência de doença mental, oriundas de 4 instituições de prestação de cuidados de saúde mental da RARP-AMP – Rede de Reabilitação Psicossocial para Pessoas com Doença Mental da Área Metropolitana do Porto – Associação de Apoio aos Doentes Depressivos e Bipolares, AFUA – Associação de Familiares, Utentes e Amigos do Hospital Magalhães Lemos, ANARP – Associação Nova Aurora na Reabilitação Psicossocial e ENCONTRAR+SE.

O projeto que visa a realização de apresentações públicas, dirigidas a diferentes públicos-alvo, sobre a experiência de viver com um problema de saúde mental tem como principais objetivos: (1) capacitar pessoas com experiência de doença mental para escreverem e partilharem as suas narrativas de recovery, bem como (2) avaliar as apresentações, tanto do ponto de vista de seus efeitos nos diferentes públicos-alvo, como na vida e processo de recovery dos utentes participantes.

Desde o início do projeto, o grupo realizou 26 apresentações, dirigidas a diferentes públicos-alvo (ex.: utentes de serviços, profissionais, familiares e alunos do ensino secundário e estudantes universitários), num total de mais de 508 pessoas que ouviram testemunhos, na primeira pessoa, sobre a experiência de viver com um problema de saúde mental (dados relativos ao período compreendido entre Outubro de 2015 e Dezembro de 2016).

 

vozes_logo_inr

No período compreendido entre Setembro e Dezembro de 2016, este projeto mereceu o apoio do Programa de Financiamento a Projetos do INR, I.P. 2016.

Saiba mais sobre as iniciativas realizadas com este apoio aqui.

 

Em 2017, a implementação do Vozes de Esperança conta com o apoio da Janssen-Cilag Farmacêutica, Lda; o qual apoiará a realização de 12 apresentações públicas do projeto em diferentes contextos e locais.

Saiba mais sobre as iniciativas realizadas com este apoio aqui.