OBJECTIVOS

OBJECTIVOS

A “ENCONTRAR+SE” é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de utilidade pública, sem fins lucrativos, que surge da necessidade de desenvolver soluções para as dificuldades encontradas no desenvolvimento, implementação, avaliação e investigação de respostas adequadas às exigências próprias da reabilitação psicossocial das pessoas com doença mental grave.

Baseada no conhecimento actual sobre esta matéria, tanto em termos de políticas de saúde mental, como de estratégias validadas e divulgadas pela comunidade científica internacional, e na experiência daqueles que têm vindo a trabalhar nesta área em Portugal, este projecto parte da realidade actual do nosso país e tem como objectivo geral contribuir para melhorar alguns dos problemas com que os utentes e técnicos dos Serviços de Saúde Mental se têm confrontado neste domínio de assistência.

Na verdade, a escassez de respostas integradas de reabilitação tem condicionado a possibilidade de recuperação de muitas pessoas com doença mental grave, com repercussões a nível pessoal, familiar e social, bem como na própria economia do país. Por outro lado, a ausência de investigação nesta área tem dificultado a implementação de estratégias adequadas, tanto a nível individual como na produção de evidência quanto aos benefícios individuais, sociais e económicos que a reabilitação destes doentes representa.

Desta forma, a “ENCONTRAR+SE” procura contribuir de forma activa na reabilitação psicossocial dos doentes com perturbação mental grave, através de iniciativas cientificamente validadas ligadas à formação, à intervenção, à avaliação e à investigação, minimizando a comprovada falta de respostas a nível nacional, nomeadamente.

Para a boa execução dos propostos a que se dispõe, a “ENCONTRAR+SE” conta com a colaboração de técnicos experientes nas diferentes áreas de intervenção em Saúde Mental, com experiência clínica e de investigação; articula com Instituições de Saúde, de Solidariedade Social, de Ensino e de Investigação; com os Organismos do Estado, e promove a participação da sociedade civil, e em especial de todos aqueles afectados directa, ou indirectamente, pela doença mental.

A “ENCONTRAR+SE” enquadra-se numa filosofia assistencial que se baseia num modelo científico. Em termos de paradigma de reabilitação, a “ENCONTRAR+SE” partilha, por um lado, de uma perspectiva de intervenção contextualista, privilegiando o modelo comunitário de acção, e por outro lado de uma perspectiva de “empowerment”, promovendo a participação activa dos consumidores (pessoas com doença mental e familiares) nos diferentes processos ligados à recuperação e reintegração.